BLOGS DO PORTAL TERRAS POTIGUARES NEWS

domingo, 15 de abril de 2018

RÁDIO AM VALE DO APODI MIGRA PARA TRANSMISSÃO 98.3 FM



A cidade de Apodi recebe a rádio Vale do Apodi, até então conhecida por sua transmissão AM, passou por uma fase de testes e desde o último dia 5 de fevereiro, em de 2018 definitivo, ganhou o sinal FM. O lançamento da nova programação da Radio 98.3 FM Vale do Apodi aconteceu em café da manhã com a presença da direção do Grupo Sistema Oeste de Comunicação (TCM), na sede da própria emissora.
A 98.3 FM Vale do Apodi está mais moderna e com alcance maior de ouvintes. A migração para FM foi possível graças ao sonho do idealizador, professor Milton Marques, que planejou o projeto antes de sua passagem. “Nós temos essa consciência de que foi Milton Marques o criador dessa ideia de fazer a transferência, de dar essa frequencia maior, essa potência à rádio, e a cidade de Apodi merece, é uma cidade que cresce e já sentimos que a 98.3 FM Vale do Apodi já é a rádio querida daqui”, disse Zilene Medeiros, diretora do Grupo TCM.
A migração da modulação da antiga 104 AM para 98 FM representa um grande avanço não só para a cidade de Apodi, mas para toda a região. “A comunicação feita aqui sempre foi uma comunicação feita ainda carente de maior poder de persuasão. Ganha não só Apodi, mas toda região que passa a ter mais qualidade no que é transmitido”, avalia Fernando Magalhães, diretor da 98 FM Vale do Apodi.
Isso significa mais qualidade do som, a estrutura do prédio, equipamentos com tecnologia de ponta e contratação de profissionais, tudo foi viabilizado através de um projeto de gestão e planejamento arrojado. “Nosso conceito de planejamento  não é diferente em nenhuma de nossas empresas e tudo que investimos nos tempos de AM já se passava por planejamento. Na migração foi tudo bastante idealizado. Foi um ano de planejamento, adquirindo os equipamentos necessários para a migração, como transmissores, antenas, até um terreno foi comprado para que a posição do transmissor trouxesse uma qualidade melhor”, conta Stella Maris, diretora do Grupo TCM.
Além de música e entretenimento, Apodi e região poderão contar com algo essencial na estrutura de uma rádio, o jornalismo. “A rádio continua sendo uma rádio popular, próxima das pessoas, de todas as classes sociais, uma rádio que tem programação 24h no ar. Temos a programação dedicada ao homem do campo, à população urbana, o entretenimento, o sertanejo, o moderno, e o jornalismo para que todos estejam a par de tudo que acontece na cidade e na região”, finaliza Fernando Magalhães.
A Rádio 98FM Vale do Apodi é a radio oficial do carnaval do município e já pode ser ouvida também através de aplicativo, basta procurar na loja do seu smartphone por Rádio 98FM Apodi, baixar o APP e curtir sua nova FM
FONTE – ALINE LINHARES

quarta-feira, 13 de maio de 2015

RÁDIO VALE DO APODI

Fundada em 24 de junho de 2002 pelo Deputado Federal NEY LOPES DE SOUZA, a Rádio Vale do Apodi,1030 khz – “A voz do oeste”, uma emissora em amplitude modulada, que funciona na cidade de Apodi, na região oeste do Rio Grande do Norte. A emissora  desde 2012 é uma integrante do Sistema Oeste de Comunicação - Grupo TCM – formado pelas rádios 95 FM em Mossoró, rádio AM Princesa do Vale em Assú e a TV Cabo Mossoró, pertencente  ao MILTON MARQUES DE MEDEIROS.
A rádio dispõe de todos meios de dinamizar a sua grade, com programação local, regional e nacional. O jornalismo, a música e o esporte, são destaques na programação da emissora que possui a melhor equipe de profissionais do rádio popular.
A sua grade de programação tem como base á informação e a prestação de serviços ao seu público ouvinte, seguindo uma linha democrática e de inserção. E o mais importante é que sua programação é formada a partir das sugestões, ideias, opiniões, necessidades, anseios e expectativas do público alcançado que esta atendendo plenamente o chamado da emissora através de carta, telefone e-mails e espaço virtual, tem dado a sua contribuição.
Levantamento preliminar indica que o som da Rádio Vale do Apodi, pode ser sintonizado em vários municípios da região Oeste, Alto Oeste e Serrana, além de alguns municípios do estado do Ceará e Paraíba

RADIO VALE DO APODI

1030 KHZ - A VOZ DO OESTE, ESTÁ SITUADA NA RUA JOSÉ DO AMARAL, S/Nº, CONJUNTO PODY DOS ENCANTOS, APODI, RIO GRANDE DO NORTE

DR. MILTON MARQUES DE MEDEIROS, ATUAL PROPRIETÁRIO DA RÁDIO VALE DO APODI

NATURAL DE UPANEMA-RN, NASCIDO EM 9 DE JULHO DE 1949, FILHO DE  FRANCISCO MARQUES DE MEDEIROS E DE LUIZA FREIRE DE MEDEIROS. É CASADO COM ZILENE CONCEIÇÃO CABRAL DE MEDEIROS

NEY LOPES DE SOUZA, FUNDADOR DA RÁDIO VALE DO APODI

NATURAL DE SERRA NEGRA - RN, NASCIDO EM 14 DE FEVEREIRO DE  14 DE FEVEREIRO DE 1945, FILHO DE JOSIAS DE OLIVEIRA SOUZA E DE NEUZA LOPES DE SOUZA, CASADO COM COM ABGAIL DE ANDRADE DE SOUZA. ADVOGADO, JORNALISTA E EX-DEPUTADO FEDERAL

LIGUE SE LIGUE

PROGRAMA NA RÁDIO VALE DO APODI, APRESENTADO POR JOSÉ PAIVA, NO HORÁRIO DAS 21 ÀS 23 HORAS. PROGRAMA ROMÂNTICO PARA OS QUE AMAM DE VERDADE

JOSÉ REBOUÇAS DE PAIVA,

 Natural de Apodi, nascido a 17 de junho de 1982, filho de  José Mendes Rebouças, nascido a 7 de março de 1949, filho de João Mendes Rebouças e Maria Francisca de Jesus; e Maria Mercês de Paiva, nascida a 20 de setembro de 1949, filha de Saturnino Victor de Paiva e Raimunda Oscarina de Paiva. Casou-se em 2000 com RAIMUNDA ROMANA DE LIMA, natural de Apodi, nascida a 3 de setembro de 1969, filha de João Braz de Oliveira e Antonia Moreira de Oliveira, com os seguintes filhos: MARIA CLARA LIMA PAIVA, nascida a 28 de setembro de 2001 e MARIA CLARICE LIMA PAIVA, nascida a 22 de fevereiro de 2006. È acadêmico de Letras na Universidade Estadual do Rio Grande do Norte, Campus de Mossoró. Trabalhou por vários anos na Rádio Vale do Apodi (AM – 1030 Khz ), a Voz do Oeste, fundada em 23 de junho de 2002, de propriedade do ex-deputado federal Ney Lopes de Souza. É colunista dos jornais:  “O VALE DO APODI”, de propriedade de Marcio Morais, fundado a 4 de janeiro de 2003 e do jornal “TRIBUNA DO OESTE”, impresso em Mossoró, do jornalista ISAIAS GARCIA, o conhecidíssimo SHAOLIN. Membro da Academia Apodiense de Letras, cadeira nº 23 que tem como patrono:  RAIMUNDO VALDOCI DE MELO, natural de Apodi, nascido em  26 de setembro de 1948 e faleceu em 1º de janeiro de 2004,  filho de Sebastião Oliveira Pinto e de Francisca Gomes de Melo

           É pai das Marias: Clara e Clarice. Recentemente, casou-se com a cearense Regiane Santos Cabral de Paiva, professora de língua e literatura espanhola da UERN-Universidade do Estado do Rio Grande do Norte, com quem ainda não teve filhos.
      Logo na adolescência se interessou pelo rádio, começando como atendente de telefone, passando a locutor/apresentador. Ajudou na Luta FM e apresentou programas na Rádio Cidade. Em 2002, foi contratado como radialista pela Rádio Vale do Apodi onde exerceu a função de repórter diário. Em 2004, assumiu a função de chefe de redação até 2006.
         O interesse pelo jornalismo lhe conduziu para o caminho da notícia. Tudo começou muito antes, quando a jornalista Ieda Silva o convidou para desenhar as charges do jornal O Oestano. Foi colunista no jornal O Vale do Apodi e no Jornal de Negócios, depois Tribuna do Oeste, e desde 2007 foi contratado pelo Jornal de Fato, em Mossoró, para a função de repórter no caderno Estado.
        Ainda em Apodi, foi pioneiro na criação de blog de notícias.
        Como assessor de imprensa, prestou serviço para as prefeituras de Severiano Melo e Martins, além de atuar em vários projetos voltados para a Agricultura Familiar, com o Projeto Dom Helder Câmara, ASA, ATOS e Coopern.
      Nos movimentos sociais, atuou como militante do Partido dos Trabalhadores de Apodi e do MST no Estado. Também esteve na fundação e renovação do PC do B, partido de onde saiu o grupo denominado “Nova Geração”. É um dos fundadores do FERSA-Fórum de Entidades Representativas da Sociedade Apodiense, da AAPOL Academia Apodiense de Letras  e da AEL- Academia Estudantil de Letras poeta Antônio Francisco.
      Iniciou as faculdades de Pedagogia, Análise e Desenvolvimento de Sistemas e Letras, mas não concluiu nenhuma. Atualmente, é aluno do curso de Jornalismo na Universidade do Estado do Rio Grande do Norte [UERN].
      Sua literatura começa com a vida. Ainda não lançou livros, mas vem publicando seus textos em revistas, jornais e mídias eletrônicas. Foi, durante algum tempo, colaborador da revista Papangu e do caderno Expressão do jornal O Mossoroense, onde deixou muitas de suas poesias.
       Atualmente escreve crônicas semanais na coluna Balada do Impostor do caderno Mulher do Jornal de Fato. Também é organizador da revista Cruviana, espaço virtual dedicado a publicação de contos, reunindo escritores de língua portuguesa e castelhana.


No dia 18 de outubro de 2013 o jornalista e escritor  Jota Paiva fez o lançamento de seu livro “CRUVIANA”, 

uma seleção de contos contemporâneos do Brasil e do Mundo

Quem sou eu

Minha foto
É PRECISO SABER USAR DA LIBERDADE. COM ELA CENSURAMOS OU APLAUDIMOS O QUE DEVE SER CENSURADO E O QUE DEVE SER APLAUDIDO. MAS NÃO PODEMOS ABUSAR DESSE PRIVILÉGIO PARA ASSUMIR ATITUDE QUE NÃO CONDIZEM COM A CIVILIDADE OU COM A DECÊNCIA. VERIFICAMOS QUE A IMENSA MAIORIA DOS ÓRGÃOS DE COMUNICAÇÃO PERTENCEM A GRUPOS POLÍTICOS, DAÍ AS "INFORMAÇÕES" NA MAIORIA, NÃO POLÍTICAS E SIM, POLITIQUEIRAS, OU SEJA, UM GRUPO QUERENDO DERROTAR O OUTRO. É UMA VERGONHA! QUEM ESTÁ NA SITUAÇÃO, O POLÍTICO PODE SER O PIOR DO MUNDO, MAS PARA EMPREGADO ELE É O DEUS DA TERRA; NO LADO DA OPOSIÇÃO, O RADIALISTA OU JORNALISTA PASSA PARA A POPULAÇÃO QUE O GOVERNO NÃO FAZ NADA, PORÉM, NO INSTANTE QUE O PODER EXECUTIVO PASSA A INVESTIR NO TAL MEIO DE COMUNICAÇÃO, ATRAVÉS DE PROPOGANDA OU DAR UM CARGO COMISSIONADO AO DONO, AÍ, LOGO JORNAL, A EMISSORA E A TELEVISÃO MUDA O DISCURSO. DAÍ, COMO FICA O COMUNICADOR QUE ANTES FALAVA MAL DE TAL POLÍTICO, TER QUE PASSAR A ELOGIÁ-LO!!!